Wi-Fi sem dor de cabeça

Saiba como evitar problemas de performance na sua rede sem fio

Rede Wi-Fi, Wireless, Internet sem fio. Os nomes são variados, o que não muda é a importância desta tecnologia na nossa vida. A não ser que você tenha o azar de sofrer de EHS (saiba mais aqui, aqui  e aqui ), suas dores de cabeça vão ser apenas se a rede não funcionar devidamente. Quem possui uma internet em casa, provavelmente possui um roteador de sinal Wi-Fi para poder acessar simultaneamente a sua rede através de vários equipamentos, como celulares, Smart TV’s, notebooks, entre outros. No entanto, mesmo sendo tão usada, infelizmente a rede sem fio costuma receber pouca importância. Por isso, no texto desta semana você vai conferir algumas orientações para evitar os principais problemas com a rede Wireless.

1. A escolha certa do seu plano de internet:
Para chegar até o roteador e ser distribuída, obviamente, adquire-se um plano de internet . E ao adquirir este plano, você precisa ter em mente quantos equipamentos vai utilizar. Quem tem Wi-Fi geralmente possui mais de um dispositivo conectado, e vai dividir o total de internet contratada entre todos os aparelhos que estiverem conectados a ela. Pense nisso na hora de escolher o seu plano, e pergunte à empresa as informações para planos com mais velocidade, caso você sinta perda na qualidade da internet quando muitos aparelhos estiverem conectados e navegando simultaneamente.

2. O aparelho certo:
Na hora de adquirir seu roteador Wi-Fi, não escolha somente pelo preço, pois não adianta você investir em um ótimo plano (por exemplo 15 Mbps) e o roteador não ter uma boa capacidade. Observe principalmente o alcance e a velocidade de transmissão do roteador Wireless. Com algo em torno de cem a duzentos reais, se consegue comprar um bom roteador. Mas este valor pode ser mais alto, especialmente modelos específicos que atendem necessidades de empresas.  Também é importante que os roteadores sejam homologados pela Anatel.

3. Interferências:

Diversos detalhezinhos que até parecem “bobos” podem comprometer o sinal do seu Wi-Fi. Outros aparelhos eletrônicos podem interferir no sinal Wireless, tornando a internet mais lenta ou até impedindo a conexão. Alguns exemplos: telefone sem fio, micro-ondas. E as próprias redes sem fios dos vizinhos. Para resolver, mantenha seu roteador afastado dos equipamentos citados e prefira roteadores que operem nos padrões G (2.4GHz) e N (5GHz). A frequência de 5GHz é mais moderna e vai funcionar melhor, e a de 2,4GHz operando junto visa possibilitar a conexão de aparelhos mais antigos. Nestes casos, conte com um técnico para auxiliar nas configurações, caso não tenha muita habilidade com os roteadores.

4. Problemas de configuração:
Apesar de ser o quarto item da lista do nosso blog, os problemas de configuração são a causa mais comum das queixas sobre a qualidade da internet. Roteadores desatualizados, problemas de configuração do aparelho e incompatibilidades nas conexões com o Windows nos notebooks são os mais citados. Nestes casos, só a configuração correta da rede vai resolver o problema. Se tiver dificuldade, chame um técnico de sua confiança!

5. Segurança:
O último e mais importante item a ser observado em uma configuração do seu Wi-Fi é a segurança desta rede. Inicialmente porque, se outras pessoas utilizarem a sua internet, a velocidade cairá, pois estará compartilhada com mais aparelhos. E mais: uma rede desprotegida é um instrumento fácil para o uso de pessoas mal-intencionadas, que podem utilizar a sua conexão para cometer crimes. Se algum crime for cometido através da sua internet, o titular desta rede poderá ser responsabilizado. Viu só a importância de proteger sua rede? Nada de deixar seu Wi-Fi aberto ou com senhas como “12345”, seu nome ou data de aniversário. Configure uma senha segura e não a espalhe por aí!

Feito pessoal? Gostaram das nossas dicas? Ah, e na hora de escolher o plano de internet que vai turbinar seu Wi-Fi, fale com a Triway  😛

                                                    

Com a escolha do equipamento correto e da internet Triway, você só tem motivos para se apaixonar ainda mais pela tecnologia, não é?

Ficou com alguma dúvida? Tem alguma contribuição para o assunto? Poste nos comentários! Um abraço de toda a equipe Triway e até a próxima! 😛

You may also like...

1 Response

  1. Homero Catesby Chichorro disse:

    Bacana. Com certeza uma conexão Wi-Fi de qualidade faz toda diferença sobretudo nos dias de hoje que estamos sempre conectados (ou querendo se conectar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *