7 dicas para não ser um(a) chato(a) nas redes sociais

Boa parte do tempo que a gente está na internet, especialmente nas horas de lazer, é dedicado aos sites de redes sociais. Facebook, Youtube, Instagram, Snapchat, Whats App, citando alguns exemplos. Estas ferramentas servem para a gente se comunicar com as pessoas de nosso interesse, compartilhar fatos do nosso cotidiano, visualizar e interagir a partir dos conteúdos que os nossos amigos postam nas redes. No entanto, alguns comportamentos prejudicam a harmonia destes ambientes, fazendo com que alguns usuários sejam considerados os “chatos(as)” das redes sociais. Você saber que comportamento são esses? Fizemos uma lista com 7 atitudes bem frequentes. Confira:

1.Relatar tudo o que acontece em sua vida detalhadamente

Assim como os meios de comunicação “filtram” os principais acontecimentos de determinado período de tempo e noticiam estes acontecimentos após uma seleção do que é mais importante, nossos perfis das redes sociais também ficam mais interessantes se ali forem compartilhados os momentos mais importantes do dia, da semana ou da rotina. Sem falar nos perigos de expor publicamente cada detalhe da sua vida diária.

2. Compartilhar correntes e notícias falsas.

As famosas e odiadas “correntes” já são um problema desde o tempo dos e-mails, e o grande objetivo destas correntes é obter informações das pessoas ou ainda acessar algum link ou aplicativo com vírus. As notícias falsas também são um dos grandes males da internet, e a gente já dedicou um texto do blog exclusivamente pra isso. Então, se você não tiver certeza que alguma informação é verdadeira ou se aquela notícia não agrega nada, passe batido e não curta, comente ou compartilhe.

3. Indiretas.
Apesar de gerar bastante interação e comentários, as “indiretas” públicas podem demonstrar imaturidade, um sinal de que não se conseguiu resolver um problema pessoal com alguém e se precisa do apoio de outras pessoas para tentar atingir um terceiro, que talvez nunca tenha conhecimento da publicação.

4.Insistir por curtidas ou confirmação de presença em eventos.

Não são todas as pessoas que dedicam muito tempo para as redes sociais, e a interação que cada um quer ter nas redes é algo muito particular. Claro que, ao postar um vídeo no youtube, as pessoas pedem por “joinhas” e “inscrições”, ao compartilhar um evento, você quer que as pessoas curtam para aumentar a audiência. Pedir educadamente vale, mas insistir torna você um(a) chato(a).

5. Postar fotos de outras pessoas sem autorização – e marcar as pessoas em inúmeras publicações.

Peça a seus amigos se você pode postar uma foto em que eles aparecem, afinal, ninguém gosta de se ver na internet em uma foto “horrível”. E se alguém pedir para você excluir uma foto que foi postada sem autorização, é bacana respeitar isso.

6.Disseminar o ódio.

Até hoje ninguém conseguiu criar algo positivo nas redes sociais a partir de postagens preconceituosas, brigas políticas e discussões intermináveis em comentários.

7. Coisas “off-line” que respingam no mundo online.

Insistir para que alguém se inscreva em determinada rede social, insistir para tirar uma foto e compartilhar nas redes quando alguém não está a fim, tornam “chata” a companhia pessoal. Então, pegue leve!

E você, concorda com as nossas dicas? Já identificou alguns destes comportamentos, ou quem sabe até já cometeu alguma “gafe” chata nas redes sociais? Ou conhece alguma personalidade, humorista ou youtuber que desafia essas “dicas” produzindo conteúdos legais e relevantes mesmo não seguindo “à risca” as orientações de bom senso na internet? Então compartilhe com a gente =) – olha só, tentamos ser queridos!

Um abraço e até a semana que vem!

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *